CONFIANÇA

Essa semana percebi que confiar em alguém é uma tarefa muito particular, muito individual de cada ser humano.

Estou passando por um problema, há pelo menos uns 3 meses, e que a meu ver, serviu para que eu refletisse e reorganizasse a minha vida de tal modo a não depender dos outros para continuar minha caminhada. Somos única e inteiramente responsáveis por tudo o que fazemos. Quando erramos, temos que ser fortes e justos com nós mesmos, para assumir que erramos e sermos humildes de querer consertar o erro.

Com relação à confiança, pude perceber claramente essa semana que se trata de algo único de cada um. Não é porque uma pessoa é confiável para mim que ela é confiável para o resto do mundo. Ela se faz confiável a mim por determinadas razões, que talvez não condizem com outras pessoas. O mesmo vale para o DESconfiar. Não é porque desconfiam da pessoa, que eu terei que enxergar essa pessoa com desconfiança, enxergá-la com os olhos dos que desconfiam dela. Tenho meus próprios olhos, tenho discernimento, razão e argumentos para confiar nela, independente do que os outros possam dizer.

Passei por isso, senti na pele isso, na segunda-feira de manhã, e pude perceber que estou no caminho certo, confiando em quem acho que devo confiar. Independente do que todos dizem, nunca me deram motivos para eu desconfiar, até que façam o contrário, continuarei confiando.

E uma dica: Eu demoro para confiar numa pessoa, demoro anos se for preciso, mas quando eu confio, é para sempre. É como se entrasse para a família.

 

Acho que é isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s